sábado, junho 22, 2024
HomeUncategorizedLewandowski destaca-se, Xavi voa: O Barcelona deixa o Atlético fugir na classificação...

Lewandowski destaca-se, Xavi voa: O Barcelona deixa o Atlético fugir na classificação da CL

Liderado por um Lewandowski forte, que esteve diretamente envolvido nos três golos, o FC Barcelona triunfou no Atlético de Madrid. Nem mesmo a demissão do treinador Xavi fez diferença na vitória dos catalães fora de casa

Apesar de o treinador Diego Simeone ter substituído o lesionado Hermoso (que não estava na lista de convocados) e os dois veteranos Koke e Griezmann (ambos no banco), o Atlético entrou com tudo nos primeiros minutos e foi mais determinado. Riquelme falhou por pouco o golo da equipa da casa, para a qual Reinildo, Barrios e Riquelme foram autorizados a começar (7º).

A partir daí, os madrilenos continuaram a dominar o jogo, enquanto o Barcelona raramente encontrava um caminho para a baliza. No Civitas Metropolitano, que teve lotação esgotada, o técnico Xavi voltou a contar com os seus jovens, embora Lamine Yamal, de 16 anos, tenha ficado apenas no banco de reservas. Ele foi substituído por João Félix, emprestado pelo Atlético, que entrou no onze inicial junto com Fort, de 17 anos, e Sergi Roberto. Como Christensen não se sentiu bem durante o aquecimento, Fermin também substituiu o dinamarquês – João Cancelo estava ausente da equipa

João Félix abre o ativo para o Barça – Xavi é expulso

O jogo começou a ficar cada vez mais equilibrado para os catalães, o que levou a uma fase final turbulenta do primeiro tempo. Depois de João Félix não ter conseguido bater Oblak (37′), o português acabou por marcar o importante 1:0 aos 38 minutos. Mas isso não foi tudo: apesar de ter assumido a liderança, Xavi expressou em voz alta o seu descontentamento com as decisões do árbitro em várias ocasiões, primeiro vendo o amarelo (41′) e depois sendo expulso apenas dois minutos depois (43′).

Barca domina após o intervalo

Mesmo sem Xavi na linha lateral, o Barcelona foi imediatamente convincente após o reinício e fez o 2-0 logo de seguida. Raphinha fez um passe para Lewandowski, que rematou de forma tecnicamente exigente e marcou o seu 13º golo da época com a ajuda do interior do poste esquerdo (47′).

Enquanto os visitantes puderam contar com o seu forte guarda-redes Ter Stegen em várias ocasiões, continuaram a ser eficientes em frente à baliza do Atlético. O cruzamento certeiro de Lewandowski, o seu terceiro golo no jogo, foi cabeceado por Fermin, que só teve de cabecear sem qualquer pressão do adversário (65′).

Paragem de emergência de Molina como ponto final negativo para o Atlético

Os madrilenos ofereceram pouca resistência na etapa final, com apenas o substituto Correa mostrando alguma sagacidade no ataque. Mas, como o argentino também não tinha a precisão necessária, nada impediu a vitória do Barcelona fora de casa. Para piorar a situação, Molina recebeu um vermelho direto por uma paragem de emergência no joker Vitor Roque no segundo minuto dos descontos

Barca terá a oportunidade de garantir a sua quarta vitória consecutiva após a pausa internacional, a 30 de março, quando o UD Las Palmas visitar Barcelona (21h00). Os madrilenos defrontam o FC Villarreal fora de casa dois dias depois (21h00) – e estão sob pressão: como o Bilbao os ultrapassou e está agora em quarto lugar, a equipa de Simeone só terá de perseguir os lugares da Liga dos Campeões por enquanto

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Most Popular

Recent Comments