terça-feira, julho 23, 2024
HomeUncategorizedMüller aparentemente termina a carreira na seleção nacional - DFB surpreendido

Müller aparentemente termina a carreira na seleção nacional – DFB surpreendido

A carreira de Thomas Müller na seleção alemã está aparentemente terminada. A DFB foi apanhada de surpresa por uma notícia dos media.
Depois de mais de 14 anos, Thomas Müller terá deixado de jogar pela seleção alemã. A notícia foi avançada pelo Bild na manhã de quarta-feira. A DFB foi surpreendida com a notícia na tarde de quarta-feira. A associação ainda não foi informada de uma decisão, nem foi preparada uma declaração correspondente.

O jogador de 34 anos já tinha dado a entender, pouco depois da derrota por 2-1 contra a Espanha, que aquele poderia ter sido o seu último jogo com as cores da DFB

Müller retira-se depois de 131 jogos pela seleção, ficando apenas atrás do recordista Lothar Matthäus (150) e do recordista de golos Miroslav Klose (137) no ranking de todos os tempos da DFB. Nos seus 9035 minutos com a águia ao peito, o “Raumdeuter” marcou 45 golos e deu origem a 42.

O seu primeiro jogo internacional foi perdido, tal como o último: a 3 de março de 2010, com 20 anos, em Munique, num amigável contra a Argentina (0:1), Müller conseguiu causar muito menos impacto do que nos quartos de final do Campeonato da Europa contra a Espanha, em que fez a sua segunda aparição no torneio como suplente e ajudou a forçar o prolongamento e a dominar amplamente o jogo.

Müller repetiu os oito golos que marcou no Campeonato do Mundo de 2010 em 2014

Depois, como muitos outros, ele derramou lágrimas e declarou que “realisticamente falando” poderia ter sido sua última partida internacional. No entanto, ele enfatizou – como fez após a Copa do Mundo de 2022 – que nunca descartaria jogar pela Alemanha: “Não vou fazer nada disso”. Jogar na equipa nacional significa demasiado para ele.

Müller é um dos mais bem-sucedidos a vesti-la. Apenas alguns meses depois da sua estreia, tornou-se o terceiro alemão, depois de Gerd Müller em 1970 e Miroslav Klose em 2006, a ganhar a “Bota de Ouro” como melhor marcador do Campeonato do Mundo de 2010 na África do Sul. Müller também contribuiu com cinco golos e três assistências para o título do Campeonato do Mundo no Brasil quatro anos mais tarde, o maior sucesso da sua carreira na DFB, que tinha começado no nível sub-16.

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Most Popular

Recent Comments